Comitê de Gerenciamento Bacia Hidrográfica do 

Rio Tubarão e Complexo Lagunar

Comitê Tubarão e Complexo Lagunar recebe apresentação do projeto Amurel Conectada Destaque

08/07/2024

Software desenvolvido terá dados sobre recursos hídricos dos 22 municípios da bacia hidrográfica do Rio Tubarão

 

Na última semana, o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão, Complexo Lagunar e Bacias Contíguas participou da apresentação de um projeto pioneiro de monitoramento de nível dos Rios e quantidade de Precipitação Pluviométrica (chuva), desenvolvido pela Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel). O software “Amurel Conectada” tem como objetivo integrar e harmonizar dados dos recursos hídricos dos 22 municípios da bacia hidrográfica do Rio Tubarão em um aplicativo.

Para fornecer informações constantes, especialmente em momentos de crise, o projeto contará com uma base de dados hidrometeorológicos, permitindo que a sociedade consulte informações das condições na bacia. Com uma gestão integrada do monitoramento, a população poderá verificar, em tempo real, a precipitação, os níveis dos rios, entre outros, por meio de estações já existentes e outras novas que serão implantadas.

Na reunião, foi definido o que cada órgão deverá realizar para avançar no desenvolvimento do monitoramento. “Com essa importantíssima parceria que estamos realizando com a Amurel, pretendemos solicitar emendas parlamentares para cobrir alguns custos que são necessários. Por isso, o intuito é que, nos próximos meses, tenhamos com extrema facilidade acesso às informações e mais controle sobre o que acontece com as águas no âmbito dos 22 municípios de atuação do nosso Comitê”, reforça o presidente do Comitê de Tubarão e Complexo Lagunar, Woimer José Back.

Participação

Estiveram presentes na reunião o vice-presidente do órgão, representante da Amurel, Patrício Fileti; o secretário executivo, membro do Sindicato Rural de Tubarão, Rafael Marques; o coordenador da Câmara Técnica de Proteção e Defesa Civil (CTPDC), membro do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Bruno de Souza Sodré; e o relator da CTPDC, membro do Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fernando de Oliveira Forte.

Representando a Amurel, participaram o diretor executivo, Celso Heidemann; o coordenador administrativo, Everson Guimarães; e o assessor de contabilidade pública, controladoria e jurídico, Ramon Corrêa Mendes. Além desses, também participou do encontro a técnica que presta suporte direto ao Comitê, por meio do ProFor Águas Unesc, Mhaiandry Benedetti Rodrigues Mathias.

 

Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros

(48) 3665-4200

Horário de Atendimento:

2a a 6a | 12h às 19h

Rod SC 401, km5, 4756 Ed. Office Park, bl. 2

Saco Grande, Florianópolis CEP 88032-00