SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE
RECURSOS HÍDRICOS DE SANTA CATARINA

Em Chapecó, estados do Codesul alinham combate conjunto ao desmatamento

21/03/2022 Marcionize Elis Bavaresco
Assinatura do Termo de Cooperação aconteceu durante reunião do Codesul, em Chapecó Assinatura do Termo de Cooperação aconteceu durante reunião do Codesul, em Chapecó Foto: Mauricio Vieira/Secom

No Dia Internacional das Florestas, os estados que integram o Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) anunciaram que atuarão conjuntamente para combater o desmatamento de suas áreas verdes. O alinhamento ocorreu durante o encontro de governadores da entidade, ocorrido na manhã desta segunda-feira, 21, em Chapecó. O trabalho ocorrerá com o uso do Sistema Integrado de Monitoramento e Alertas de Desmatamento (Simad), ferramenta desenvolvida pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) e que será compartilhada também com Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Anfitrião do evento e atual presidente do Codesul, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, lembrou que esta é a primeira vez que o encontro dos governadores ocorre fora de uma capital de estado. Ele destacou que o uso do Simad será fundamental para frear o desmatamento, ajudando a diminuir também a emissão de gases do efeito estufa, compromisso firmado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26).

“O Simad é um sistema que já está em uso. Trata-se de uma ferramenta desenvolvida integralmente pelo corpo técnico do Governo de Santa Catarina, sem custos, e que agora também fica disponível para os demais estados. A análise dos dados pode ser feita praticamente em tempo real, com o uso de imagens de satélite e também de drones”, diz Moisés.

Cooperação

O secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, destaca que, no Dia Internacional das Florestas, Santa Catarina, juntamente com os demais estados do Codesul, dão um importante passo em defesa desse ecossistema. “O Simad permitirá aos governos atender às demandas locais na busca pelo desenvolvimento sustentável, evitando, inclusive, a duplicidade de esforços mediante um processo de compartilhamento de experiências e informações, que auxiliarão o planejamento e implementação de ações em defesa do meio ambiente”, afirma.

O Termo de Cooperação firmado entre os órgãos ambientais e as secretarias de Meio Ambiente dos estados que integram o Codesul prevê o compartilhamento, pelo IMA, da metodologia, fluxos de trabalho e customização para a implantação do Simad nos estados parceiros. Por outro lado, os órgãos estaduais signatários da cooperação compartilharão, com o IMA e com a Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema) de SC estudos ações, programas e resultados relacionados ao tema.

“É uma parceria que nos permitirá aperfeiçoar a gestão da flora em Santa Catarina e, ainda, colaborar e estreitar os laços com os estados vizinhos, o que nos proporcionará uma articulação para pensar em outras ações conjuntas na área ambiental”, explica o secretário executivo do Meio Ambiente de Santa Catarina, Leonardo Porto Ferreira (foto).

Infraestrutura

Além da questão ambiental, os gestores do Codesul também alinharam a criação de um grupo de trabalho para o planejamento integrado de rodovias e ferrovias do Codesul.

“Hoje nós tivemos mais um exemplo aqui de que esse modelo de integração do Codesul rende bons frutos. A troca de experiências, de tecnologias e, acima de tudo, planejamento é uma marca desta gestão do Codesul. O foco sempre foi esse, desde a nossa primeira reunião. Os nossos quatro estados são grandes produtores, e precisamos pensar no futuro, sobretudo na questão de infraestrutura”, afirmou o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior.

Durante a plenária do Codesul, o governador Carlos Moisés assinou a autorização para o edital de licitação de dois importantes projetos: o Corredor Ferroviário Catarinense, entre Chapecó e Correia Pinto, e a Ferrovia Interportos, entre Itajaí e Araquari. Apenas na execução dos projetos, o investimento será de aproximadamente R$ 40 milhões. Em Santa Catarina, o objetivo é que a malha ferroviária atinja 2,1 mil quilômetros em operação até o ano de 2035.

Além disso, foi apresentado aos governadores o projeto do novo corredor litorâneo. Trata-se de uma rodovia de 145 quilômetros, que será construída paralelamente à BR-101, entre os municípios de Joinville e Biguaçu, na Grande Florianópolis.

“Se nós estivéssemos ficado apenas com o compartilhamento da ferramenta do meio ambiente, esse encontro já teria sido um sucesso. Mas nós conseguimos avançar em diversas áreas”, afirmou o vice-governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, que representou o estado em Chapecó.

O Mato Grosso do Sul foi representado por Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar.

Sobre o Codesul

O Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul foi criado em 1961 pelos três estados do Sul. O Mato Grosso do Sul se juntou a eles em 1992. O objetivo inicial da parceria era fazer frente ao poder econômico da Região Sudeste e ao poder político do Nordeste. O órgão tem como objetivo encontrar alternativas para os desequilíbrios regionais, que concentram o crescimento econômico no centro do país.

O Conselho tem como finalidade, também, facilitar a troca de desenvolvimento social e político entre os Estados membros, além de adotar medidas comuns nas áreas da polícia, saúde, defesa civil, entre outros.

Uma das estruturas que surgiu a partir da cooperação do Codesul foi o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), para fomento dos setores econômicos.

*Com informações da Secom SC

 

New layer...
Ler 401 vezes Última modificação em Segunda, 21 Março 2022 19:32

Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros

(48) 3665-4200

Horário de Atendimento:

2a a 6a | 12h às 19h

Rod SC 401, km5, 4756 Ed. Office Park, bl. 2

Saco Grande, Florianópolis CEP 88032-00