Comitê de Gerenciamento Bacia Hidrográfica do 

Rio do Peixe e Bacias Contíguas

Comitê Peixe representado no ERCOB SUL Destaque

Comitê Rio do Peixe

O Comitê Peixe, sempre atento aos debates sobre as temáticas hídricas, participou do I ERCOB Sul (I Encontro Regional dos Comitês de Bacias Hidrográficas do Sul do Brasil) que aconteceu na cidade de Florianópolis nos dias 20, 21 e 22 de março. Os representantes do Comitê Peixe acompanharam atentamente as explanações dos conteúdos disponibilizados durante o evento – um momento singular para o aprofundamento das temáticas inerentes aos recursos hídricos.

Um número significativo de representantes de organizações-membro do Comitê Peixe se fez presente, demonstrando a importância do evento e o interesse pelos temas abordados. Participaram do I ERCOB os senhores Maurício Perazzoli (Presidente do Comitê) e Luiz Gustavo Pavelski, representantes do CINCATARINA, o secretário executivo do Comitê, senhor Ricardo Marcelo de Menezes (UNOESC Joaçaba), as senhoras Jéssica Degen e Nicoli Trevisani, representantes do Instituto de Meio Ambiente de Caçador, o senhor Odair Fernandes, representante da Francisco Lindner, o senhor Losivanio Luiz de Lorenzi, representante da Associação Catarinense de Criadores de Suínos, e os senhores César Seibt e Tiago Zanatta, representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e da Economia Verde. Além dos representantes do Comitê, a Entidade Executiva UNC também esteve presente por meio dos seus coordenadores e técnicos.

O objetivo do I ERCOB Sul, que contempla os três estados do Brasil, foi promover a gestão integrada dos recursos hídricos e fortalecer a cooperação entre os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, otimizando estratégias para preservação, uso sustentável e enfrentamento de desafios comuns, como eventos climáticos extremos e escassez hídrica. “Foi possível discutir sobre a gestão integrada dos recursos hídricos, fomentando estratégias para preservação, uso sustentável e enfrentamento dos eventos climáticos extremos e escassez hídrica. Para o Comitê Peixe, foi mais uma oportunidade de trocar experiências com os demais Comitês, conhecer experiências exitosas e principalmente solicitar mais uma vez o tão aguardando plano de bacia. Também tratamos da articulação do Comitê Federal do Rio Uruguai”, explana o presidente do Comitê Peixe, Mauricio Perazzoli.

Na programação, ocorreram capacitações em recursos hídricos e abordagem dos temas: Educação Ambiental voltada à gestão dos recursos hídricos e experiências exitosas dos Comitês de Bacias. Além dos temas, Panorama, avanços e desafios dos CBHs; Conflitos, outorgas, medicação e escassez de água; Ações estruturais e não estruturais para minimizar impactos das secas e inundações (segurança de barragens) e Monitoramento Hidrometeorológico e protocolos de ação para eventos hidrológicos críticos. Finalizando com os debates sobre os Avanços, desafios e perspectivas para a implementação da cobrança pelo uso dos recursos hídricos nas bacias hidrográficas da região Sul; Fortalecimento e sustentabilidade dos Comitês e órgãos gestores – Cobrança pelo uso dos recursos hídricos; Gestão compartilhada de bacias interestaduais – Uruguai-Iguaçu. Essa foi mais uma importante oportunidade para a aquisição de novos conhecimentos e compartilhamento de informações.

“O I ERCOB, proporcionou um reencontro de muitos atores responsáveis pela manutenção dos Comitês de Bacias Hidrográficas, a possibilidade de troca de impressões, projetos e angústias a respeito da forma como os recursos hídricos estão sendo tratados nos três Estados do Sul do Brasil. Sempre há um grande aprendizado com as trocas e as ações realizadas nas diversas bacias hidrográficas. Após três dias de intensas apresentações e discussões, fica a impressão que há muito ainda a fazer, que os Estados, em especial Santa Catarina, precisa dar mais atenção não só aos recursos hídricos, mas a todo o meio ambiental, aplicando as políticas existentes e estruturando os órgãos de maneira a que possam dar conta das demandas diárias que se apresentam para um desenvolvimento realmente sustentável”, assinala Ricardo Marcelo de Menezes, Secretário Executivo do CBH Peixe e Membro do Conselho Estadual de Recursos Hídricos.

Menezes teve a oportunidade de mediar o painel sobre a gestão compartilhada de bacias interestaduais, com ênfase nas Bacias do Rio Uruguai e do Rio Iguaçu, na tarde do dia 22. A discussão conduzida pelo secretário executivo do Comitê Peixe, trouxe à tona a importância de se retomar as discussões sobre a criação do Comitê Interestadual da Bacia do Rio Uruguai, unindo forças entre os Estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul com a Argentina.  

Outro destaque do evento, foi a participação do Coordenador Técnico da Entidade Executiva UNC, Sr. André Leão, como painelista na manhã do dia 22. André teve a oportunidade de apresentar o trabalho que vem sendo desenvolvido pelas entidades executivas junto aos Comitês Catarinenses, bem como as mudanças e adequações que o modelo sofreu de 2018 – ano de sua criação –, até o presente momento.  

Ler 310 vezes Última modificação em Quinta, 28 Março 2024 09:27

Parceiros Parceiros Parceiros Parceiros

(48) 3665-4200

Horário de Atendimento:

2a a 6a | 12h às 19h

Rod SC 401, km5, 4756 Ed. Office Park, bl. 2

Saco Grande, Florianópolis CEP 88032-00