Imprimir esta página

Funoesc recebe R$ 150 mil para fortalecimento do Comitê Rio do Peixe

Super User
A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joaçaba e a Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (Funoesc) firmaram convênio no valor de R$ 150 mil para a operacionalização e fortalecimento do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe. O documento foi assinado na sexta-feira (11), pela secretária regional Nelci Trento Bortolini e o reitor Aristides Cimadon. Acompanharam o ato o presidente do Comitê, Ricardo Marcelo de Menezes, e o gerente de Agricultura e Desenvolvimento Econômico Sustentável da SDR, Israel Casagrande. O recurso foi viabilizado por meio do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.
A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joaçaba e a Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (Funoesc) firmaram convênio no valor de R$ 150 mil para a operacionalização e fortalecimento do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe. O documento foi assinado na sexta-feira (11), pela secretária regional Nelci Trento Bortolini e o reitor Aristides Cimadon. Acompanharam o ato o presidente do Comitê, Ricardo Marcelo de Menezes, e o gerente de Agricultura e Desenvolvimento Econômico Sustentável da SDR, Israel Casagrande. O recurso foi viabilizado por meio do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.

Criado em outubro de 2001, atendendo a determinação da Lei Federal nº 9.433, que fundamenta a Política Nacional de Recursos Hídricos, o Comitê Rio do Peixe tem como atribuições promover a cooperação e conciliação entre os usuários da bacia e o controle, proteção, conservação e recuperação dos recursos hídricos. Também é de sua competência divulgar programas e obras de interesse da coletividade e deliberar sobre a alocação dos recursos hídricos.

A Bacia Hidrográfica Rio do Peixe é de domínio estadual e de elevada importância socioeconômica para Santa Catarina. Ao longo dos 298 quilômetros de extensão, contempla 26 municípios e uma população de aproximadamente 400 mil pessoas. “A divulgação do trabalho do Comitê e da importância da bacia e de todos os recursos naturais inseridos nela fortalecerá ainda mais a busca pelo desenvolvimento sustentável na região”, ressalta Cimadon.
Ler 793 vezes